First Impressions

Da janela do avião pude confirmar o que li em algumas comunidades do Orkut: a Irlanda é um fazendão!

Impressionante! Lá de cima eu só via áreas verdes. Claro que essa visualização foi limitada! O aeroporto é um pouco afastado da cidade, então não cheguei a sobrevoar a parte realmente urbana.

Da parte “rural”, achei interessante as divisórias das propriedades. Se há cercas, não pude ver lá de cima, mas todas as divisões de terra são feitas com árvores. Até as de áreas cultivadas.

Da parte urbana, o mais legal são os prédios antigos, de mil-e-lá-vai-cacetada, e a estrutura da cidade, super mega organizada e limpa. Mas limpa porque, apesar dos Irishs serem porcos, há sempre um “trator” de limpeza sobre as calçadas, evitando o acúmulo de lixo.

Dublin é uma cidade nublada e fria, que está dividida em bairros (vou chamar de bairros) numerados de 1 a 24, fora outras localidades com outros nomes. Ao norte estão os bairros ímpares, e ao sul, os pares.

Eu, atualmente, moro no Dublin 24. Coisa de 50 minutos de Dublin 1, o centro da cidade.

Os primeiros “bairros” são bem próximos uns dos outros. Já os de maior número, ficam super distantes. São conjuntos de casas IGUAIS aglomeradas e rodeadas por imensas áreas verdes, onde os Irish praticam esportes, caminham e passeiam com os seus cães. Aliás, um esporte MUITO praticado aqui é o futebol. Febre total!

Sobre a zona ímpar não posso falar muito porque ainda não estive por lá. Minha vidinha ainda se resume ao caminho escola/centro – casa, devido a distância. Mas já estou procurando um lugar mais ao centro pra morar.

Durante minha primeira semana aqui, ao contrário da normalidade, abriu um puta sol. Já cheguei iluminando geral a vida das pessoas! hehehe

E engraçado que, com o mínimo de sol e calor, os Irish já se pelam. Eu, acostumado com o frio, ando de manta e casaco. Eles, mais acostumados ainda, põe regata. Mal abriu meio raio de sol, já tá todo mundo de pernas e braços expostos.

Se bem que se o uniforme feminino de alguns colégios é uma SAIA, é porque realmente eles não sentem tanto frio assim.

Sobre a brasilidade irlandesa devo dizer que… é grande! Tem muito brasileiro aqui! Aliás, tem muito estrangeiro. Dublin não deveria se chamar Dublin, deveria se chamar Babel!

E o mais irônico disso tudo é que o povo que mora aqui tá sempre reclamando. Odeia! Principalmente os brasileiros. Sentem saudades do Brasil, reclamam que as coisas não são fáceis. Sempre tem neguinho querendo te colocar pra baixo! Mas na primeira oportunidade o cara tá renovando o visto e pagando mais um ano de curso. Há pessoas que tão há milênios aqui! Os orientais batem o recorde, com 5, 6 e até 7 anos de permanência no país.

Isso é bom e ruim. É ruim porque tu não te vês obrigado todo o tempo a te comunicar em inglês. O lado bom é que não nos sentimos tão sozinhos, sempre há alguém com quem contar. E isso o povo brasileiro tem de legal, todo mundo é muito unido e todo mundo se ajuda.

Enfim… Minhas primeiras impressões foram essas: Dublin é fria e nublada, há todos os idiomas possíveis – principalmente o português -, as pessoas aqui não sentem frio, e o sol sempre se mostra quando eu saio na rua. 🙂

É um pouco diferente do que imaginei. Mas pra começar, tá bom! Esperemos cenas dos próximos capítulos!

Anúncios

5 Respostas so far »

  1. 1

    Marta said,

    Não acredito que perdi tudo isso…tá, mas já coloquei minha leitura em dia!
    ameiiiii tudo isso!!!
    amei saber todas as “curiosidades”, saber as novidades e tudo o que aconteceu com você! de saber que você tá bem!!!
    Frio na barriga, isso faz parte, mas tenho certeza que vai ficar bem!!!afinal tá onde sempre quis estar, né?
    Escreve sempre que poderes 🙂

    Te Cuida!!!!!
    Aproveita tudoooo que poderes!
    E Não esquece do “caderno”….

    Beijocas Mil!!!!
    Marta Gentilini

  2. 2

    Marta said,

    o sol costuma aparecer para pessoas “especiais”!!!
    Beijocassssss Millll

    *Manda Beijossss para Jejé!

  3. 3

    Dija said,

    Posso dizer? choreiiii!! hahahahaha

    Aquele choro singelo que vem com brinde, um sorriso lembrando de coisas boas que aconteceram! E vontade louca de me aventurar como vocês!!

    Beijoo chicoo!

  4. 4

    Marta said,

    Meo! Ameeeeeeiiii!!!!
    Que ano este, meu Deus… Vocês saltando para a liberdade e nós aqui, bombando com o ultimo ano de faculdade. Só espero que tudo dê certo pra nós e e pra vcs.
    Chico, não sei o que dizer, mas a sensação que to agora é a melhor do mundo. To feliz de mais, mesmo.
    Quem sabe vou te visitar um dia desses! hueiheuheiu
    Beijos e mais beijos!!!

  5. 5

    fabih said,

    o “iluminado”!!!
    ahuehaeiuaheaiueaheiauehaeiauehae
    aguardo novas adventures!!
    beijo amado ensolarado!


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: